Cães

Saiba quais as vacinas indispensáveis para cães e gatos

Cães,Gatos

Quem tem animais de estimação, sabe como é importante manter as vacinas em dia. Não somente para preservar a saúde do bichinho, mas também para evitar problemas com a própria saúde, já que muitas doenças são transmissíveis às pessoas (Zoonoses). É importante vacinar os cães e gatos ainda filhotes e repetir as doses pelo menos uma vez ao ano. Animais idosos também precisam ser vacinados, porque eles ficam expostos da mesma forma. E as doses precisam ser aplicadas uma vez por ano.

Para cães, as vacinas antirrábica e múltiplas são essenciais. Recomenda-se a primeira dose da vacina múltipla aos 45 dias, outra aos 75 dias e a terceira aos 120 dias, mas a periodicidade das vacinas pode variar de acordo com os hábitos do animal.

Um gato castrado e que vive preso em um apartamento é diferente daquele que vive solto em casa, sem ser castrado, e sai para a rua. Gatos recebem duas doses da múltipla, mas alguns veterinários podem aplicar inclusive uma terceira dose se ele tem muito contato com a rua.

No caso de gatos, as vacinas essenciais são a antirrábica e as múltiplas (tríplice, quádrupla ou quíntupla). Mas elas não são infalíveis e o ideal é tentar manter os gatos em casa. A vacinação não é garantia de que o animal não vá pegar nenhuma doença. Protege quase totalmente. Dependendo do organismo do animal, ele pode ter a doença de forma mais branda. E existem doenças contra as quais não há vacinas.

VACINAS ÉTICAS E NÃO ÉTICAS:

Você deve ter a preocupação de saber a procedência da vacina que está sendo aplicada em seu animal. Uma vacina só é considerada “boa” se tiver como origem um laboratório conceituado, que invista em pesquisa e tecnologia. As chamadas “vacinas éticas” são produzidas por esses laboratórios e vendidas apenas para profissionais veterinários que têm o conhecimento de como armazenar o produto e em que condições aplicá-lo. A eficácia dessas vacinas é comprovada.

As “vacinas não éticas”, por sua vez, podem ser vendidas para lojas ou pet shops. Por esse motivo, elas são aplicadas até mesmo nos balcões desses estabelecimentos, por vendedores ou funcionários. Como saber o caminho percorrido por essa vacina antes de ser aplicada em seu animal? Será que ela foi mantida o tempo todo na temperatura ideal? Será que o cão estava em condições de saúde ideais para receber a imunização naquele momento? A eficácia desse tipo de vacinação, feita sem a supervisão de um veterinário, é discutível. Não há garantias de que seu animal estará protegido. Você arriscaria a saúde do seu amigão?

Na hora de vacinar seu cão ou gato, não aceite qualquer vacina e exija a presença de um profissional para aplicá-la. Converse com o veterinário e procure o melhor para o seu animal. Você estará investindo na saúde dele e de sua família.

Restrições

Animais debilitados não devem tomar vacinas, precisam se recuperar antes. E necessário lembrar que, assim como pessoas, animais não podem tomar medicamentos sem orientação profissional. É importante que o proprietário tenha em mente que o veterinário é a pessoa mais indicada para fazer uma avaliação clínica, indicar tratamentos em caso de doença e aplicar as vacinas.

Recomendações

- Nenhum filhote deve sair à rua ou ter contato com outros animais sem estar vacinado;

- Nunca deixe de aplicar as doses anuais e a vacina antirrábica em cães e gatos;

- Mesmo animais que vivem presos precisam receber doses de vacina;

- Não aplique medicamentos no animal sem consultar antes um veterinário;

- Mesmo vacinado, não deixe o animal ficar em contato com bichos doentes;

- Animais criados com responsabilidade não transmitem doenças aos homens.

Compartilhar

1 Comentário para "Saiba quais as vacinas indispensáveis para cães e gatos"

  1. marcio ferreira da silva

    janeiro 9, 2012

    gostei das explicaçoes tirei minhas duvidas obrigado

Envie um Comentário

Você precisa logged in para poder fazer o comentário.